fbpx

TVP: o que fazer para evitar esse problema tão sério?

Trombose venosa é uma doença potencialmente grave caracterizada pela presença de um coágulo no interior de uma veia que pode ser profunda ou superficial. Quando é profunda recebe o nome de Trombose Venosa Profunda, conhecida entre os profissionais como TVP.

Engana-se quem pensa se tratar de uma patologia que atinge apenas as pessoas mais velhas. Inclusive, a faixa etária dos 20 aos 40 anos é muito acometida pela TVP. A idade avançada é apenas um dos fatores motivadores. Ao lado disso estão:

  • uso de hormônios;
  • viagens longas que exigem a permanência na mesma posição por várias horas;
  • período pós-operatório;
  • vítimas de acidentes;
  • fraturados e que utilizam material de imobilização;
  • histórico familiar de trombose venosa e com alterações sanguíneas.

A decisão de algumas mudanças de hábito pode evitar o aparecimento de coágulos:

  • converse com o ginecologista sobre a real necessidade do uso de anticoncepcional e o tipo mais adequado para seu caso. Esse medicamento tem hormônios que estimulam a formação de coágulos e a dilatação das paredes das veias;
  • largue o cigarro. Ele tem substâncias que são pró-coagulantes (promovem a coagulação);
  • a alimentação balanceada e a prática de atividades físicas são aliadas de uma boa circulação do sangue;
  • a TVP nem sempre sinaliza, de imediato, que chegou. Quando se trata de um coágulo em um vaso pequeno, tudo pode ser imperceptível no início. Por isso, visite regularmente o angiologista/cirurgião vascular. Um simples Checkup Vascular pode levar ao diagnóstico precoce e tratamento mais eficaz. Essa recomendação vale para todas as idades.

Minimizar ou desprezar a gravidade da Trombose Vascular Profunda significa se sujeitar a sérios riscos. A complicação mais temida ocorre quando o coágulo localizado na veia do membro inferior migra para um dos pulmões e aloja-se em uma das artérias, bloqueando o fluxo sanguíneo, a chamada embolia pulmonar que, por sua vez, pode resultar em um infarto pulmonar. Nesses casos, o paciente pode ter muita dificuldade para respirar, o que pode resultar em quadros gravíssimos, inclusive a morte. As mais frequentes estão relacionadas com a síndrome pós-trombótica, quando o paciente apresenta varizes, inchaço constante, dor em peso e feridas (úlceras nas pernas).

O diagnóstico ocorre a partir de uma conversa entre paciente e médico, que questiona a história clínica e faz o exame físico. As suspeitas são confirmadas por meio de exame ultrassonográfico, não invasivo, chamado Eco Doppler Venoso. A avaliação é capaz de confirmar a grande maioria das tromboses, mas, quando há necessidade de mais informações, o especialista tem a opção de solicitar um exame de sangue e outros exames de imagem.

Atualmente, prescrevem-se anticoagulantes (oral ou injetável) para estabilizar os trombos e impedir o aparecimento em outras partes do corpo. É importante lembrar que os novos medicamentos orais disponíveis no mercado têm garantido eficientes resultados devido à facilidade do uso e dosagens mais fixas, bem como não necessitar de exames de controle de rotina. Os casos mais graves exigem do médico a adoção de tratamentos mais invasivos.

A Sociedade Brasileira de Angiologia e de Cirurgia Vascular (SBACV) afirma que, em 90% dos casos de TVP, os vasos atingidos são os das pernas. A Organização Mundial de Saúde (OMS) alerta que as doenças cardiovasculares são a principal causa de morte previsível em todo o mundo. Isso significa que cuidar da circulação não é uma preocupação de hoje, mas sim, de sempre. Procurar o angiologista/cirurgião vascular pode evitar problemas e assegurar qualidade de vida.

Saiba mais sobre o Dr. Alcides Araújo

Nascido em Três Pontas, em Minas Gerais, graduou-se em Medicina pela Faculdade de Medicina de Barbacena (1994). Fez Residência Médica em Cirurgia Geral no Instituto de Previdência dos Servidores do Estado de Minas Gerais (IPSEMG – 1995 e 1996) e em Angiologia e Cirurgia Vascular no Hospital de Base do Distrito Federal (2005 e 2006).

O Dr. Alcides Araújo tem Mestrado em Ciências para a Saúde pela Escola Superior de Ciências da Saúde (ESCS/FEPECS/SES/DF – 2015). É Angiologista e Cirurgião Vascular da Clínica de Veias e Angiologista e Cirurgião Vascular do Hospital de Base do Distrito Federal, ambos desde 2007. Além disso, tem título de Especialista em Cirurgia Vascular pela Sociedade Brasileira de Angiologia e Cirurgia Vascular e pela Associação Médica Brasileira.

No currículo traz, ainda, o Certificado de Especialista em Ecografia Vascular com Doppler pela Associação Médica Brasileira, Sociedade Brasileira de Angiologia e Cirurgia Vascular e pelo Colégio Brasileiro de Radiologia.

Ele é membro da Sociedade Brasileira de Angiologia e Cirurgia Vascular, da International Society of Thrombosis and Haemostasis (ISTH – EUA), da Sociedade Brasileira de Angiologia e Cirurgia Vascular e da Society for Vascular Surgery (SVS – EUA), desde 2014.

Saiba mais sobre o Dr. Leonardo Pires de Sá Nóbrega

Nascido em João Pessoa, na Paraíba, graduou-se em Medicina pela Universidade Federal da Paraíba (2001). Fez Residência Médica em Cirurgia Geral no Hospital Universitário da UFPB (2002-2003) e em Angiologia e Cirurgia Vascular no Hospital de Base do Distrito Federal (2004 e 2005).

O Dr. Leonardo Pires de Sá Nóbrega é Angiologista e Cirurgião Vascular da Clínica de Veias desde 2007, e Angiologista e Cirurgião Vascular do Hospital de Base do Distrito Federal desde 2008. Além disso, tem título de Especialista em Cirurgia Vascular pela Sociedade Brasileira de Angiologia e Cirurgia Vascular e pela Associação Médica Brasileira. No currículo traz, ainda, o Certificado de Especialista em Ecografia Vascular com Doppler, pela Associação Médica Brasileira, Sociedade Brasileira de Angiologia e Cirurgia Vascular e pelo Colégio Brasileiro de Radiologia.

Ele é membro da Sociedade Brasileira de Angiologia e Cirurgia Vascular (2006), do American College of Phlebology (2011) e da Society for Vascular Surgery (2015).

Saiba mais sobre a Clínica das Veias

A Clínica das Veias busca oferecer serviços de excelência nas especialidades médicas de Angiologia, Cirurgia Vascular e Ecografia Vascular com Doppler. Trata-se de uma unidade médica especializada no tratamento e exames de doenças da circulação. Entre elas: varizes, trombose venosa, inchaço e dor nas pernas, alterações nas artérias e vasos linfáticos.

Os médicos, altamente comprometidos e com títulos de especialistas, preocupam-se em fornecer as mais atualizadas e eficientes modalidades de tratamento disponíveis, com seriedade, honestidade, informação e completa transparência, onde tudo é feito visando sempre o bem-estar, a segurança, o conforto e a satisfação de nossos clientes.
O nosso trabalho é focado em valores como ética, transparência, humanização, credibilidade e inovação contínua. Venha conhecer nossas instalações e saber mais sobre nossos serviços.

A Clínica das Veias funciona no seguinte endereço: SEPS 715/915, Edifício Pacini, Conjunto A, Bloco D, Salas 317/318, Asa Sul, Brasília – DF. Contatos: (61) 3202-4332, 3202-4232 e (61) 98131-2721.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.

Leia também

Menu